terça-feira, 31 de dezembro de 2013

2014 chegando ...



Deck da casa do mano Sérgio (bairro Souzas, em Campinas)

Antes de terminar o ano gostaria de deixar uma mensagem para finalizar o ano condignamente. Agradeço ao Pai Celestial as infindáveis oportunidades e privilégios, imerecidas. Agradeço minhas famílias, a que nasci, em especial meus pais, e a que constituí, em especial meus filhos e netos. Agradeço a capacidade de me emocionar com a criação do Deus Soberano, apreciando-a em suas multifacetadas dimensões, a todo instante desveladas no livro da vida, escancarado à minha frente. Apesar da iniquidade e injustiça reinantes aqui na Terra, o Cosmos é por demais belo e, ainda que tenha surgido a separação entre Deus e o homem, o universo continua maravilhoso. Afinal, a gente é menos que poeira, um caniço ao vento, uma flor que à tarde já murchou.

Que todos possam ter suas vidas aprimoradas no ano que se inicia, encontrando-se sempre no caminho que se tem que trilhar, cada qual em sua condição e circunstância. Que saibam encontrar na Palavra tanto a instrução quanto o encorajamento, com a certeza que Ele está ao nosso lado, o quanto cumpramos nossa parte do Convênio. Nada é mais importante que a Paz de Cristo, que excede todo entendimento.

Outro dia vi a frase "É perseverando que vocês obterão a vida" (Lucas, 21: 19; NVI). Taí uma clara instrução, que sigo à risca, há um bom tempo. Sou grato pela alegria e contentamento, e pela esperança, a cada dia mais presente em meu coração.

Esta noite estamos Bilú e eu aqui em casa, alegres e gratos - será uma das melhores passagens de ano de minha vida, no nosso cantinho. Comprei para Ruth uma bonita blusa branca; ela arrumou uma camisa bem passada para mim. Vamos ver o estouro de fogos de artifício do Rio de Janeiro e abrir uma champagne. Saúde a todos!

sábado, 28 de dezembro de 2013

Confissão...


LUIS MIGUEL
Foto obtida agora (via Google Images) de

Confesso... sou romântico. Sou de outros tempos, efetivamente. Hoje, na hora do almoço, depois que voltei do trabalho voluntário no Asilo (aham... hoje em dia não devemos mais chamar estas instituições asilares de 'asilo', posto que remete a lembranças ruins; devemos agora chamar de 'Lar' para idosos, pois todos os nomes foram mudados para dar 'cara' nova a estas organizações... Coisa de brasileiro mesmo - acham que mudando de nome, 'tudo' muda...) eu coloquei no CD player um disco do Luis Miguel (com os boleros favoritos dele), este cantor incrível, e fiquei olhando Bilú a fazer o almoço... Ela é muito formosa.

Boas lembranças - isto é uma das coisas boas de se ficar velho. Mas ser romântico é uma maneira de ser bem-quisto pelas mulheres, pois elas valorizam isso. Normalmente os homens tem mais dificuldade de lidar com o mundo dos afetos, e isto as incomoda. Quando me entendi por gente vi que este era um bom caminho para conhece-las... Mas elas ainda são bem incompreensíveis; nunca vi um homem que se considerasse entendido no belo sexo. Ainda bem, acharia-o um cascateiro, sem dúvida. Esfinges, é o que elas são! Mas nada de ruim nisso; acho até que muito do charme delas reside nesta incognoscibilidade...

Nosso natal foi em Campinas, na magnífica casa do mano Sérgio, legal como sempre. Tiramos muitas fotos...







Comprei-me hoje um radinho de pilha (FM, AM e ondas curtas), semelhante àquele que eu tinha quando jovem. Gosto de música e fico o tempo todo 'plugado' nalguma rádio. Sim, sei que qualquer celular hoje tem rádio fm, mas temos que colocar aquele par de fones de ouvido, e é 'aborrecente'... Gosto de acordar cedo (tenho pouco sono - incrível, durmo somente umas cinco ou seis horas à noite... mas não tenho sono durante o dia. Alzheimer à vista???) e ficar ouvindo o noticiário matinal que tem numa boa emissora daqui, a rede Jovem Pan - às vezes até durmo mais um pouquinho!

Vamos passar o Ano Novo, Bilú e eu, aqui sozinhos em casa, observando pela TV a queima de fogos do Rio de Janeiro, que será muito legal, como sempre. Mesmo que alguém convidar a gente para passar junto a mudança de ano, creio que não vamos... estamos eu e ela, a cada vez, mais 'caseiros'... Gostamos muito do nosso cantinho, nossa casinha velha.

Bom Ano Novo a todos!!

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Fim de ano...


'Watching Time Tick' (by Veliremus)
Obtido agora - via Google Images, de

http://mygodjourney.blogspot.com.br/2010_07_01_archive.html

Fim de ano se aproxima... Este 2013 poderia  ser um ano bom a ser esquecido, se fôssemos pessimistas - mas para um cristão nem esta perspectiva deveria interpor-se (gosto deste termo - veja no dicionário como ele é rico!). O que quero dizer é que, neste Universo inteiramente sob o comando soberano do Criador, tudo o que sucede àquele que O teme é, coerente com nossa conduta engajada, para o seu bem (Romanos, 8: 28). Mas o mundo se nos apresenta e seduz constantemente e, se não estamos vigilantes, nos entregamos facilmente, e temos que nos fortalecer na Palavra para vencer o que o mundo coloca ( I Coríntios, 16: 13; Apocalipse, 17: 14).

O fato é que nestes últimos tempos seremos provados, mais e mais, mas nossa esperança nos sustenta (Jeremias, 1: 19). E se pertencemos a uma comunidade de Fé, tudo se torna mais fácil, como se diz. Por isso constantemente estou a ler as Escrituras, como se pudesse resgatar tanto tempo que perdi na juventude, afastado de Deus e da Palavra. Sou muito grato ao Pai Celestial por Ele nunca ter me abandonado.

Este ano não vou viajar. Muito caro sair por aí, e perigoso também. O máximo que farei será ir levar a Livia para casa e ficar com os pais e manos no Natal. Irei preparar as próximas aulas (de 2014) e orar para que as coisas se encaixem no meu ambiente de trabalho, pois as mudanças estão sendo muitas, e levando ou constrangendo alguns de roldão... Eu mesmo perdi (ao que sei) 3 classes que ministrava aulas. Estou vendo outras coisas para fazer, mas o clima de insegurança, de não se saber o que virá, instalou-se. 

Mas em Deus estou confiante e sei que Ele está comigo (Deuteronômio 31: 6; Isaías, 35: 4; Salmo 142: 6).