terça-feira, 22 de novembro de 2016

Trump e destino...

Um dos inúmeros memes que saíram na web...

1. Gente... Depois do encerramento da votação entrei no Google Images, busquei TRUMP MEMES e ri por diversos minutos. Os americanos são também muuuito criativos quando se trata de ficar zoando com o próximo! Mas só deu este tipo de manifestação na web logo depois que o resultado da eleição foi confirmado. Meus filhos que moram nos EUA dizem que o diabo não é tão pavoroso como a midia está pintando. Eu também acho que pode ser que o gajo lá quando for empossado se conscientize que a posição de Presidente não combina muito com a que ele perpetrou enquanto candidato. O mal da estória toda é que a Hillary era péssima opção. Azar...


2. Agora que já passou um pouco do 'susto', podemos começar a pensar nesta eleição americana com menos emoção e tendenciosidade. Muitos, em que pese os institutos de pesquisa apontarem empate nas pesquisas, tinham 'certeza', pelos rompantes e grosseria boçal do loirão descabeludo, que a loirosa mentirosa e raposona iria ganhar... O grande problema que eu vejo é que o mundo se tornou "norte-americano-dependente", pois eles são muito grandes; tem uma indústria cultural absurda de produtiva (como quase tudo lá), influenciando muito a maioria dos viventes. Mas de certa maneira (vendo pelas virtudes deles, que são muitas) eles merecem esta liderança - se bem que todos sabemos que os chineses vão no futuro tirar deles esta hegemonia atual... Os chineses são malucos e são muitos - o que tem de chinês estudando nos Estados Unidos! E nós, ocidentais, cristãos nos valores, olhamos aquele pessoal de olho puxado com certa reserva... É muita diferença!

3.  Em vez de ficar tentando advinhar como será o futuro com aquele troglodita no comando da nação mais 'influenciante' do planeta, creio que o melhor, como país, é tentar mesmo arrumar a casa e, complementarmente, tentar se dar melhor com o próximo (com os cidadãos principalmente) e com os (países) 'semelhantes', não é mesmo? Mesmo porque eles são grandes mas não são tontos... podem ser neuróticos, mas são bem pragmáticos. E no fundo, posso testemunhar pelas minhas leituras e 3 visitas àquele país, que tem muita gente boa e decente lá, a maioria, podem crer. Eles não são gigantes em tudo assim por sorte ou destino, foi trabalho duro e muito estudo.

4. O pior que eu acho não é o que o Trump possa nos aporrinhar,  mas que nós nos comportamos como uma republica de bananas e não somos respeitáveis, sérios e profissionais, e não bastasse nosso amadorismo em tudo, somos muito mais corruptos que eles e muitos de nossos vizinhos aqui da Latinoamerika. Temos uma soberba injustificada e uma elite (principalmente os políticos) abjeta. Que Deus nos proteja, pois as perspectivas, com, sem, ou apesar do Trump, não são boas, por nossa culpa, em primeiro lugar...

Outro meme de Donald Trump obtido na web
via Google Images, parodiando o "Yes, we can"
do Obama...

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Fim de semana chegando...

Gravura obtida na web via Google Images

1. Deveria ter aberto a GARAGE há mais tempo! Tenho conhecido tanta gente bacana... Tem a divulgação boca-a-boca (que é o que realmente funciona a médio e longo prazo) mas tenho utilizado muito o Facebook.com/insonte , que é bem eficiente, como toda rede social. Bom número comparece todo mês... Tenho uma amiga querida que é versada em Marketing que vai dar valiosas sugestões para implementar o business. Meu horizonte para estabilizar a clientela é dois anos, e creio que vou atingir o partamar que desejo. Espero poder trabalhar até os oitenta anos, pelo menos! Ficar parado não é comigo, e como trabalho desde 1978, faço em 2018 exatos 40 anos como professor; acho que já cumpri meu tempo de docência...
2. Me rendi ao método Pilates... e, por mais uma bênção do Pai Celestial, tem uma ótima academia bem em frente à minha casa! Ruteca e eu estamos indo lá duas vezes por semana. Chega um ponto em que nossa "ferrugem" começa a periclitar a qualidade de vida.  E eu tenho 'encurtamentos' terríveis, que determinam que eu necessite alongar todo dia um tanto. Fiz Yôga muitos anos e não devia ter parado; hoje vejo como 'degenerei'... Mas acho que recupero boa parte, assim espero...

3. Fim do ano, e provas e exames nas Faculdades. A novidade é que terei que participar de sete bancas de apresentação de TCCs, coisa que fiz muito anteriormente. Vejo que, a cada ano, a dificuldade da moçada em guaratujar idéias fica mais trabalhosa. Não sei se é a cultura do WattsApp ou menos leitura ou desamor mesmo à última Flor do Lácio. O fato é que muitos termos que utilizo no dia-a-dia em minhas conversas ocasiona que os jovens façam acintosa cara de pastel. 

foto obtida agora (via Google Images) de
http://www.espacovillapilates.com.br/metodo.aspx

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Barbearia GARAGE, cristão-novo e Shell...

GARAGE Barbershoppe São João
(foto via meu Apple iPad Mini...)

1. Coloquei parede de vidro na Barbearia; estava sujando o local quando tinha vento e chuva forte... Acho também que vai melhorar em relação ao calor, quando chegar janeiro/fevereiro. O teto da garagem é baixo, mas deixei uma passagem na parte superior do vidro, o que garante boa circulação de ar. E um pouco de privacidade sempre é bom. Do lado de fora, ao lado do sofá, vai uma floreira para ficar mais elegante...

2. Coloquei Frank Sinatra (All of Me - MIB Music/Unlimited Media) e depois Tony Bennet (The Ultimate Tony Bennet e Tony Bennet MTV Unplugged, ambos da Columbia) no CD player e matei a vontade da boa música norte-americana. Bons tempos! Agradeço ao meu velho pai que sempre teve música e melodia de alta qualidade em casa. Sempre admirei a preferência dele por orquestras e música clássica. Deveria ter guardado os discos - sumiram na poeira do tempo...

3. Tenho 6 monografias de TCC para ler e sugerir modificações. Felizmente nestes quase 40 anos de formado, 39 para ser mais preciso, faço esta tarefa até com boa velocidade. Vejo como, parece, que fica a cada vez mais dificultoso para a juventude escrever com as mínimas qualidades que facultam a qualquer texto cumprir sua missão: bem comunicar algo. E no âmbito acadêmico, também isto se torna mais excruciante (aos olhos da mocidade...) pois depende de muita leitura, disciplina e dedicação, virtudes que hoje nem todos estão dispostos a perpetrar.

4. Meu vizinho mudou de mala e cuia. Eles tinham, em sua garagem, um pequeno comércio ("Empório das Águas"; nem sei se ficamos devendo algo para eles...) de artigos de armazém tipo secos e molhados, como se diz  (ahh... minhas raízes portuguesas de quatro costados!! Quando conheci esta locução fiquei intrigado e, como sempre fazia e faço, corri ao dicionário e sabe o que significa? De origem "pelos dois avós paternos e pelos dois maternos". Sim, 'Vieira'  e  'Dutra' são bem portugueses, com muito orgulho).  Mas falando de raízes, note que do sobrenome "Vieira", sou-o dos dois lados,  mas as familias não tinham parentesco próximo e talvez nem tão longínquo... Minha mãe disse que 'vieira' é, em Portugal, o nome da concha - uma concha parecida com aquele símbolo da empresa petrolífera Shell - que os cristãos-novos (judeus convertidos à força na época da Inquisição) tinham que carregar no peito, como uma especie de salvo-conduto. Graças aos Céus nasci nesta época!

Imagem obtida agora (via Google Images) de
http://www.logodesignlove.com/shell-logo-design-evolution